Conheça a história da Granado aos longo desses 150 anos

Conheça a história da Granado aos longo desses 150 anos

Saiba quais foram os momentos mais marcantes da botica mais tradicional do Brasil

A Granado é uma marca que, de maneira bem profunda, consegue sensibilizar pessoas de diversas gerações. Desde sempre, priorizamos a qualidade dos produtos e o compromisso sustentável em nossa linha de produção, que conquistam os brasileiros até hoje ao unir tradição e contemporaneidade.

A história da Granado é antiga e tão rica quanto as matérias-primas utilizadas para compor os mais diversos hidratantes, sabonetes, perfumes e demais produtos. Muito possivelmente, você deve ter o Polvilho Antisséptico, um sabonete de glicerina ou algum outro item, não é?

Fundada no século XIX, o ano de 2020 marca os 150 anos da botica mais tradicional do país. Ao que tudo indica, a confiança e a estreita relação — quase familiar — que estabelecemos com nossos consumidores vão fazer essa parceria perdurar por muito mais tempo.

Quer saber como tudo isso começou? Então, continue conosco por aqui e se prepare para conhecer a história da Granado!

A história da nossa marca

José Antonio Coxito Granado é o nome por trás da alma da nossa botica. Português, Coxito chegou ao Brasil em 1860 com poucos pertences e muita vontade de prosperar. Em uma entrevista de 12 de novembro de 1932 para o jornal A Noite, ele resume o início da sua vida no Rio de Janeiro — a frase está transcrita na Língua Portuguesa da época:

“Cheguei ao Rio como chega um portuguez disposto ao trabalho — com pequena mochila e animo forte! [...]. O patrão dava-me casa, comida e roupa lavada. Juntei dinheiro e, ao cabo de dez annos, quando dalli sai, tinha regular pecúlio!”

A urbanização da cidade ainda dava seus primeiros passos, e os precários hábitos de higiene da sociedade daquela época resultavam em surtos constantes de varíola, cólera e febre-amarela. As boticas se tornavam mais comuns, manipulando medicamentos, bálsamos e elixires que ofereciam alívio para os males da população.

Dez anos depois da sua chegada ao país, em 6 de janeiro de 1870, Coxito funda a Pharmácia Granado. Era Dia de Reis. Dedicado e utilizando cerca de 300 espécies de plantas medicinais que ele mesmo cultivava, Coxito fabricava produtos que competiam ou substituíam similares que vinham da Europa, adequando-os às necessidades de quem vivia no Brasil.

A propriedade em que Coxito cultivava suas ervas e matérias-prima era conhecida como Ilha da Saúde, uma chácara em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Para celebrar a história da Granado e seus 150 anos, o perfume Elixir 1870, que faz parte da linha Vintage, foi feito inspirado nas ervas e flores tão cuidadosamente cultivadas no sítio.

Suas águas de colônia, cremes, talcos e pó de arroz caíram nas graças das “elegantes senhoras” da cidade, como ele se referia às clientes da sua Perfumaria Helios (linha de luxo que inspirou a atual linha Vintage). Em paralelo, o imperador D. Pedro II também notou a qualidade dos produtos Granado e concedeu à botica o título de Pharmacia Oficial da Família Imperial Brasileira.

Com um crescimento notório no país, após três gerações na família Granado, em 1994, o inglês Christopher John Ogle Freeman adquiriu e tomou à frente do negócio, com uma curiosidade interessante:

Em seu testamento, José Antonio Coxito Granado registrou o desejo de que a empresa fosse adquirida por um estrangeiro para que a empresa ganhasse o mundo. Assim, seu neto, Carlos Granado Vieira de Castro possibilitou que isso acontecesse quando contratou Freeman para dar os novos direcionamentos ao negócio. Freeman, que foi acionado para vender, encantou-se pela história e acabou ele próprio sendo o comprador que procuravam.

Foi então que a modernidade encontrou a tradição, já que Freeman industrializou a produção, introduziu ações de marketing e gestão, além de adotar recursos tecnológicos na empresa — jamais deixando de lado a qualidade.

Em 2004, outra marca muito tradicional de cosméticos brasileiros foi incorporada por Freeman — a Phebo agora também fazia parte da família, agregando mais valor à história da Granado.

Curiosidades da história da Granado

Em meio a tanto tempo de história, há algumas curiosidades da nossa trajetória que valem ser divididas com você!

Produtos mais famosos

Um dos produtos mais conhecidos da Granado é, também, o mais antigo: o nosso Polvilho Antisséptico, que, antes, vinha em uma latinha. Foi João Bernardo Granado, irmão de Coxito, que o criou, em 1903. A fórmula teve registro aprovado por Oswaldo Cruz e continua inalterada até hoje! Aliás, foi com o dinheiro dos produtos Granado que Coxito pode pagar a faculdade do irmão.

Depois da aquisição da empresa por Freeman, novos itens foram desenvolvidos pela Granado. Hoje, temos talcos cremosos, esmaltes, esfoliantes, sais de banho, perfumes, dermocosméticos de alto desempenho e linhas completas para o cuidado e o bem-estar.

Outro produto muito tradicional da Granado, que foi lançado no mercado em 1915, é o Sabonete de Glicerina, que tem fórmula suave e oferece mais hidratação e maciez para a pele. O sabonete de glicerina teve sua fórmula renovada em 1998, passando a ser fabricado com glicerina vegetal. Nesse momento a Granado se tornou a primeira empresa a produzir sabonetes livres de ingredientes de origem animal no país.

Marcos históricos

Cada acontecimento da nossa história teve sua importância na construção da marca, mas alguns merecem destaque:

  • Pharol da Medicina: o almanaque listando novos produtos e oferecendo entretenimento e notícias relevantes para o público foi distribuído de 1888 até a década de 1940. Hoje, Pharol é o nosso blog — mais uma forma de unir tradição à modernidade;
  • Laboratorio Chimico-Pharmaceutico de Granado: montado em 1912, na Lapa, era o laboratório com tecnologia mais avançada da época, sendo um dos maiores e melhores da América do Sul;
  • Loja Conceito: sendo a 1º de Março a primeira a ser inaugurada, em 2005 no Centro do Rio de Janeiro, mesmo endereço onde Coxito iniciou seu trabalho, a loja exibe o acervo riquíssimo da família. São vitrines originais, embalagens centenárias, quadros, almofarizes, balanças e propagandas da época. Hoje, temos mais de 80 lojas conceitos que reproduzem a riqueza desses detalhes, sendo a loja da Oscar Freire uma das últimas a ser inaugurada, em julho deste ano.

.

  • Certificação PEA (Projeto Esperança Animal): em 2006, todos os produtos da Granado passaram a ser feitos sem testes em animais, demonstrando o compromisso com uma produção ética;
  • Le Bon Marché: em 2013, a Granado passa a estar presente em Paris com a fragrância que se tornaria também um best-seller no Brasil: Carioca! Atualmente, são três lojas conceito em Paris e dois pontos de venda na Casa Pau-Brasil, em Portugal.;
  • Instituto Arara Azul: afirmando o nosso compromisso com um desenvolvimento embasado em valores socioambientais, em 2020, a Granado torna-se patrocinadora oficial do instituto que trabalha para a preservação da arara azul, ave nativa da Amazônia e do Pantanal brasileiro.
  • Complexo Industrial de Japeri: uma área de 30.000 m² foi inaugurada em 2015, no Rio de Janeiro, para atender à crescente demanda da marca. É lá que são fabricados e distribuídos todos os produtos que você conhece!

.

Exposição Granado

A história da marca é, também, a sua maior riqueza. Em 1995, o Acervo Granado foi inaugurado para manter a conservação dos documentos, mobiliários e objetos originais que fizeram parte dessa caminhada.

No início deste ano, tivemos o orgulho de compartilhar toda nossa história com o público da cidade onde a Granado nasceu, o Rio de Janeiro, com a exposição no Museu Histórico Nacional, que celebra os 150 anos da Granado.

Para quem não conseguiu ir presencialmente à exposição, é possível aproveitar uma visita virtual ao acervo. Também é possível fazer um tour virtual à loja 360° da Oscar Freire, podendo também fazer sua compra diretamente por lá.

https://www.youtube.com/watch?v=OHm4sKZVnWI&feature=emb_logo

Internacionalização da marca

Em 2013, iniciamos a internacionalização da marca com um convite especial do Le Bon Marché, uma loja de departamento em Paris, para participarmos com nossos produtos numa semana que homenageava o Brasil. O sucesso das vendas fez com que a marca ganhasse um espaço maior, com mais visibilidade, e permanecemos por lá durante alguns anos.

Dando continuidade à essa internacionalização, em 2016 a empresa anunciou a venda minoritária para a espanhola Puig, uma das maiores companhias de perfumaria do mundo. Atualmente, temos três lojas conceito em Paris e estamos presentes em diversos pontos de venda da França, nossa porta de entrada para uma realidade mais globalizada. Nosso intuito é que cada vez mais pessoas do mundo todo sejam impactadas por uma marca tão brasileira.

A união de conhecimentos tradicionais com a tecnologia moderna resulta em produtos de alta qualidade, que ganharam a confiança dos brasileiros ao longo dos 150 anos de história da Granado. Somos muito gratos por estar na memória afetiva de gerações de brasileiros. No que depender de nós, essa parceria ainda vai muito, muito longe.

Que tal ter contato com tudo isso de perto? Venha conhecer uma de nossas lojas e experimentar os nossos produtos.

Carregando...
3871 visualização(ões)

Colaborou para este conteúdo

Granado Pharmácias
Granado Pharmácias

Fundada em 1870 pelo português José Antonio Coxito Granado, no coração do Rio de Janeiro, Granado é a botica e a perfumaria mais tradicional do Brasil. Com mais de 150 anos de história, a marca recebeu o título de "Farmácia Oficial da Família Imperial do Brasil" pelo imperador do Brasil, Dom Pedro II. Incorporando extratos de plantas e ervas da exuberante biodiversidade brasileira, e com um profundo conhecimento das propriedades das plantas medicinais e óleos essenciais, a Granado desenvolve os cuidados de pele e fragrâncias combinando naturalidade, preservação do ambiente natural e inovação.