Ativos para pele: conheça os principais e saiba como usá-los a seu favor

Ativos para pele: conheça os principais e saiba como usá-los a seu favor
Publicado em: Bem-estar

Investir nos ativos certos é essencial para manter a pele saudável e ter mais resultados com a rotina diária de cuidados!

A busca por uma pele saudável tem levado cada vez mais pessoas a adotarem uma rotina de skincare cada vez mais personalizada. Contudo, o mercado da beleza oferece tantas opções de ativos para pele que eleger quais produtos incluir no dia a dia se torna uma tarefa desafiadora.

Para acertar nas escolhas, é importante levar em consideração pontos como o tipo de pele e os ingredientes indicados para cada necessidade. Afinal, conhecer a funcionalidade de cada ativo é essencial para entender os benefícios que eles podem proporcionar.

Para falar sobre os principais ativos para pele e apresentar as indicações e recomendações de produtos, conversamos com a especialista Vanessa Metz, dermatologista, sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da Academia Americana de Dermatologia (AAD). Acompanhe!

Os principais ativos para pele

Como vimos, escolher os ingredientes dos dermocosméticos não é uma tarefa simples, pois cada pele apresenta uma necessidade específica. Por isso, é essencial conhecer como cada um deles atua e quais resultados podem proporcionar.

"Existem diversos ativos utilizados na dermatologia e cada vez mais estudos que comprovam suas eficácias. Considerados como já consagrados, posso citar como exemplos o ácido retinóico, o ácido glicólico, o ácido salicílico e a vitamina C, dentre outros presentes na rotina de skincare", lista a entrevistada. Veja a seguir os mais usados e entenda os seus principais efeitos!

Vitamina C

A vitamina C é um antioxidante natural imprescindível ao funcionamento das células e é encontrada em diversos tecidos do corpo humano, incluindo a epiderme. "A Vitamina C é considerada o mais potente antioxidante, capaz de combater os efeitos maléficos dos radicais livres, que provocam danos celulares através da reação de oxidação", explica a Dra. Vanessa.

"Também está presente em cremes anti-idade e filtros solares, para aumentar o efeito da proteção solar, além de ser usada em sua forma pura em séruns", complementa. Entre as principais ações do ativo, estão:

  • formação do colágeno;
  • melhora da cicatrização;
  • ação antioxidante;
  • uniformização;
  • rejuvenescimento;
  • promoção de firmeza e elasticidade;
  • redução de manchas.

Ácido hialurônico

O ácido hialurônico é um composto fundamental para o tecido conjuntivo. Apesar de ser encontrado naturalmente na pele, sua produção diminui à medida em que envelhecemos, levando ao aparecimento das rugas e linhas de expressão.

O uso do ácido hialurônico nos dermocosméticos combate os sinais da idade, por meio de algumas ações, tais como:

  • hidratação;
  • produção de colágeno;
  • ação antioxidante;
  • aumento da firmeza e da flexibilidade;
  • diminuição de rugas e linhas de expressão.

Ácido glicólico

Trata-se de um composto pertencente ao grupo dos alfa-hidroxiácidos — também conhecidos como AHA — usualmente encontrados em frutas e vegetais doces, como a cana-de-açúcar. "Os ácidos retinóico e glicólico são renovadores celulares, agem aumentando o 'turnover celular' para deixar a pele mais lisinha e homogênea, sendo que o glicólico possui menor fator irritativo na pele", detalha a entrevistada. Ele pode ser utilizado para diversos problemas, já que suas ações contemplam:

  • esfoliação;
  • despigmentação;
  • tratamento da acne e das verrugas vulgares;
  • diminuição de rugas superficiais, médias e profundas;
  • combate à flacidez;
  • hidratação.

Ácido salicílico

É um agente químico com ação anti-inflamatória e que promove uma leve esfoliação na pele. Além disso, tem ação antifúngica e antisséptica, sendo bastante indicado para pessoas com tendência à acne. De acordo com a dermatologista, é muito utilizado na diminuição da produção de sebo da pele oleosa. Entre seus benefícios, podemos citar:

  • indução da renovação celular;
  • controle da oleosidade;
  • remoção da camada queratinizada, contribuindo com a desobstrução dos poros;
  • melhora da textura da pele.

Ácido retinoico

"O ácido retinóico costuma estar presente em fórmulas manipuladas ou prontas da farmácia e é considerado um medicamento pela sua capacidade irritativa e necessidade de orientações médicas quanto à sua forma de utilização", detalha a especialista. Também conhecido como tretinoína, pertence ao grupo dos retinóides, derivados da vitamina A. É um dos ácidos mais eficazes na renovação celular e, por isso, é muito utilizado no combate ao envelhecimento. Entre as suas principais ações, temos:

  • redução das rugas e linhas de expressão;
  • estimulação da produção de colágeno;
  • diminuição da oleosidade;
  • melhora na cicatrização;
  • diminuição de manchas;
  • uniformização da textura e do tom da pele.

As formas de ação mais comuns

Como vimos, existem diversos ativos que já são considerados consagrados na Dermatologia e estão muito presentes nas rotinas de skincare. Segundo a dermatologista, os ácidos retinóico e glicólico são renovadores celulares e agem deixando a cútis mais lisa e homogênea, enquanto o ácido salicílico é muito utilizado na diminuição da produção de sebo da pele oleosa.

Desse modo, eles podem ser utilizados de forma tópica em diversos produtos, desde sabonetes e tônicos com ácido glicólico ou salicílico até hidratantes e filtro solares para peles oleosas contendo esses ativos em concentrações menores.

“O ácido retinoico costuma estar em fórmulas manipuladas ou prontas da farmácia, sendo considerado um medicamento pela sua capacidade irritativa e necessidade de orientações médicas da forma de utilização”, complementa Metz.

Os itens mais indicados para a rotina de cuidados

Com foco na prevenção e no alcance dos efeitos desejados, os ativos são introduzidos na rotina de skincare, geralmente a partir dos 25 anos de idade. "A partir dos 25 anos, iniciamos um processo de envelhecimento cutâneo com diminuição gradativa na produção de quantidade e na qualidade de colágeno, além de começar a degradação do ácido hialurônico existente na nossa pele. Portanto, é geralmente a partir dessa idade que introduzimos ativos com foco em prevenção na rotina de skincare diária", recomenda a dermatologista. Agora, confira como incorporá-los aos cuidados diários!

Sabonete ou gel de limpeza

Para todos os tipos de pele, a limpeza é uma etapa essencial no skincare, afinal, é preciso limpar a pele de toda impureza para deixá-la pronta para receber as outras etapas de cuidados. Além disso, para quem sofre com excesso de oleosidade ou com tendência à acne, é nessa etapa que são utilizados sabonetes à base de ácido salicílico e glicólico, que apresentam ação secativa e adstringente.

Tônico

O tônico ajuda a eliminar resíduos que o sabonete não conseguiu retirar e também ajuda a normalizar o pH da pele. "A gente sempre fala que o skincare diário começa com a limpeza adequada da pele. No caso de pacientes que possuem uma pele mais oleosa ao longo do dia, a gente pode, após a sabonete líquido, utilizar um tônico secativo adstringente para promover uma diminuição da oleosidade ou evitar a oleosidade excessiva ao longo do dia", indica a médica.

Hidratante

A hidratação facial é uma etapa importante do skincare, pois tem a função de combater o ressecamento por meio da reposição hídrica das células cutâneas. Em tempo, vale a pena destacar que até uma pele oleosa precisa de hidratante, porque oleosidade não é o mesmo que hidratação, combinado?

Tratamentos

Aqui, entram produtos com ação antioxidante, antiacne, de combate a olheiras ou antirrugas. "Ácidos devem ser utilizados de preferência à noite, aplicando uma fina camada no rosto todo, na quantidade de um grão de ervilha, para evitar irritação, vermelhidão e descamação desnecessárias", pontua a especialista.

Protetor solar

Pela manhã, a aplicação do filtro solar é indispensável. Ele também enriquece a etapa de tratamento, sobretudo quando utilizado após a vitamina C ou D, tanto para prevenir a ocorrência de manchas, quanto para potencializar o efeito dessas vitaminas.

"Eu costumo pedir que a vitamina C seja utilizada pela manhã, antes do filtro solar, para potencializar o efeito dele. Essas ações antioxidantes atuam não apenas na limpeza dos radicais livres, mas também ajudam na proteção contra a luz visível, as lâmpadas azuis, a exposição a computadores, tablets, lâmpadas de escritório...", observa Dra. Vanessa Metz.

Os produtos certos para cuidar da pele

Mais do que apenas escolher quais ativos para pele incorporar à rotina de skincare, é importante usar bons produtos. E a Granado, sinônimo de tradição no mercado brasileiro, oferece produtos de excelente qualidade e alta performance.

A nossa linha de dermocosméticos — Granaderma — conta com diferentes categorias para atender a necessidades específicas de cada tipo de pele. Veja só:

  • Sabonete Antiacne: com ácido salicílico, promove uma assepsia profunda e oferece ação secativa e esfoliante;
  • Gel Secativo de Espinhas: o ácido salicílico presente na fórmula ajuda a combater cravos e espinhas por meio da sua ação anti-inflamatória e antisséptica;
  • Fluido Antissinais para Área dos Olhos: enriquecido com ácido hialurônico, estimula a produção de colágeno e suaviza rugas e linhas de expressão;
  • Creme Noturno Antirrugas: a presença do ácido hialurônico favorece a reparação da pele durante a noite, melhorando a densidade cutânea e promovendo a redução das rugas.

Ao longo da vida, a estrutura cutânea passa por diversas mudanças. E a incorporação de ativos para pele nos produtos de cuidados diários ajuda na tarefa de manter uma aparência bonita e saudável durante suas diferentes fases. Por isso é tão importante escolher uma marca de dermocosméticos de confiança, como a Granado, que há 150 anos faz parte do dia a dia dos brasileiros.

E aí, gostou do nosso conteúdo sobre ativos para pele? Se quiser saber mais sobre os produtos Granado, entre em contato!

Carregando...
772 visualização(ões)

Colaborou para este conteúdo

Vanessa Metz
Vanessa Metz

Vanessa é médica-dermatologista, sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da Academia Americana de Dermatologia (AAD). Proprietária Fundadora da Clínica Vanessa Metz, de dermatologia com foco no planejamento de beleza para o envelhecimento saudável facial e corporal. Sócia Co-fundadora do Hairtz, um centro de terapia capilar com propósito de cuidar da saúde do couro cabeludo e beleza dos fios. Atua também com consultoria para laboratórios e visão empresarial do mercado dermatológico, participando de meetings e boards científicos no Brasil e Exterior.

Comentários
Deixe o seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado